Crônicas & Poesia

Psiu!

Psiuuuu

Penoso épor aqui navegar,intempestivoestá o meu mar.Pra frente nãose pode olharPois lá! – a tempestadeSegue piorTenho notíciasde naufragadosE tambémde sobreviventesAtormentados;Amontoados.Quem nesses mares navegaEm quase nada

Ler mais »
Fonética poética

Fonética poética

Pradarias não tem padarias! Aranha não arranha! A súbita alegria, contrasta com a letargia. Quem educa, não caduca. O machado não és manchado. Sentimentos como

Ler mais »

Vida de inseto

Oh que filme bom! – ‘Vida de Insetos’, animação da Pixar do ano de 1998. Hoje relembrando a história do Flik, tracei um paralelo com

Ler mais »

Coitado do Claudio!

Esse coronavírus não atinge todos da mesma forma. Estou convencido disso. Esses dias de quarentena (para as pessoas normais), o silêncio descomunal das ruas e

Ler mais »
Marcelo F Carmo

Raro

Ah como já almejeiesse adjetivo!Não queria ser comum,ser igual era meioultrapassado,queria era ser raro,precursor,quase exclusivo,aquele serque poucas vezesse encontra,se vê,uma beleza,inteligênciaou simpatia,acompanhadasdo adjetivo raro.Mas essa

Ler mais »